Escola da APEL
images/banners/15.jpg

User Rating: 5 / 5

20210507

A fim de comemorar o dia da Europa, foi solicitado à turma do 11ºC na aula de Economia de 07 de maio, uma breve reflexão sobre alguns tópicos relevantes para os alunos. Grata pela vossa colaboração. Prof.Rosabel

Dia 9 de maio – Dia da Europa

O dia da Europa ou dia da União Europeia é uma data comemorativa celebrada anualmente pela União Europeia, no dia 9 de maio, em que festeja-se a paz e a união do continente europeu.
Esta data assinala o aniversário da histórica «Declaração Schuman». Foi no discurso de Robert Schuman, em 1950, que o então ministro dos Negócios Estrangeiros francês, apresentou uma nova forma de cooperação política na Europa, que tornaria impensável o surgimento de uma terceira guerra entre países europeus.
Para comemorar o Dia da Europa, as instituições Europeias abrem portas ao público em maio, em Bruxelas, Luxemburgo e Estrasburgo.
O Dia da Europa é, juntamente com a bandeira, o hino, a divisa (“ Unida na Diversidade”) e o euro, um dos símbolos da identidade comum da União Europeia.

 

 

Martim Nunes e Ana Isabel Araújo – 11ºC

O que significa ser jovem na União Europeia?

Nós, jovens, nascidos dentro desta instituição, por vezes esquecemos o que realmente nos torna cidadãos europeus. A União Europeia, reconhecida internacionalmente pela sua forma democrática, pela sua influência mundial e pela sua dimensão é composta por 27 estados-membros.
Enquanto jovens europeus, podemos ter como garantido os direitos humanos em toda a União Europeia, valorizando a vida humana e a segurança individual neste território extenso. É também com a livre circulação pelos estados-membros, que nos é garantido maior oportunidade de trabalho e estudos. Por vezes, não temos consciência do que a humanidade lutou para que hoje em dia possamos ter liberdade, não só de opinião, como também de religião, orientação sexual, … Somos também privilegiados com o acesso universal à saúde pública, justiça e educação (destacando programas para jovens como por exemplo o Erasmus,…). Todos estes direitos, valores e princípios tornam a Europa mais unida e inclusiva, ou seja, coesa.
Concluindo, é importante que nós, jovens, continuemos a lutar para a manutenção destes direitos, para garantir o desenvolvimento contínuo desta sociedade e desta instituição.

Ângelo Lourenço e Inês Rodrigues – 11ºC

 

Algumas das desvantagens de Portugal ser membro da União Europeia (EU)

A principal desvantagem de um país ser membro da UE é a perda de soberania nacional. Pois Portugal, por pertencer à EU tem que abdicar da total autonomia na gestão das tomadas de decisão sobre as políticas económicas e sociais, que pode adotar para promover o crescimento económico e bem estar social. Tal, assume extrema importância, pois o Estado Português tem que obedecer a uma entidade transnacional, a EU, que defende simultaneamente os interesses de 27 Estados Membros, o que condiciona os mesmos.
Existem limitações para conseguir atingir os critérios de convergência nominal decorrentes do facto de Portugal ser membro da EU e da Zona Euro, e estar sujeito ao PEC- Pacto de Estabilidade e Crescimento, nomeadamente a perda da política monetária (abdicando da sua própria moeda), dever de controlar a divida publica para ser inferior a 60% do PIB e também o défice orçamental de forma a ser inferior a 3% do PIB.
Outra das desvantagens foi o nosso país ter ficado vulnerável, ao ter que competir com produtos concorrentes de outros Estados-Membros, mais ainda, sendo a nossa produtividade baixa relativamente à média europeia. As nossas empresas têm dificuldade de concorrer num mercado muito competitivo, especialmente o da agricultura, entre outros.

Catarina Sardinha e Pedro Alves -11ºC

Portugal assume a Presidência rotativa do Conselho da União Europeia

Portugal assume a Presidência rotativa do Conselho da União Europeia (UE) entre 1 de janeiro e 30 de junho de 2021. Sucede à Alemanha e precede à Eslovénia, países com os quais integra o trio de Presidências. Em conjunto, elaboraram um programa para 18 meses, a partir do qual cada Presidência define o seu programa específico.
A Presidência portuguesa tem como seu lema: "Tempo de agir: por uma recuperação justa, verde e digital".
Este programa integra três grandes prioridades alinhadas com os objetivos da Agenda Estratégica da União Europeia:
-Promover uma recuperação europeia centrada nos assuntos de alteração climática e da transição para uma economia cada vez mais digital,
-Concretizar o Pilar Social da União Europeia como elemento essencial para assegurar uma modificação climática justa e inclusiva,
-Reforçar a autonomia estratégica de uma Europa aberta ao mundo.
O programa é influenciado pelo compromisso de fazer face à crise da COVID-19 e à recuperação. Assenta nas principais prioridades definidas na Agenda Estratégica 2019-2024:
-proteger os cidadãos e as liberdades;
-desenvolver uma base económica forte e dinâmica;
-construir uma Europa com impacto neutro no clima, verde, justa e social;
-promover os interesses e valores europeus a nível mundial.
- promover uma parceria abrangente com o Reino Unido.
António Pires e Luisa Barreto-11ºC
Benefícios socioeconómicos dos cidadãos da UE

A UE providência paz e segurança para os seus cidadãos, bem como a proteção dos direitos políticos, económicos e sociais fundamentais.
Em termos Económicos, a UE disponibiliza o mercado mais aberto e desenvolvido do mundo. Que assenta em quatro liberdades fundamentais: liberdade de circulação de pessoa, bens, serviços e capitais. A UE também garante muitos benefícios para os consumidores, por exemplo:
-ao comprar um bilhete de avião ou comboio, se posteriormente a viagem for cancelada, o consumidor tem direito ao reembolso.
-os cidadãos podem fazer compras com segurança, porque sabem que podem devolver o produto e reaver o seu dinheiro.
-as normas a que têm de obedecer os produtos vendidos na UE estão entre as mais rigorosas do mundo, tanto em termos de qualidade com em termos de segurança, especialmente os produtos alimentares.

Em termos sociais a, UE protege todas as minorias e grupos vulneráveis e defende os oprimidos. Independentemente da nacionalidade, sexo, língua, cultura, profissão, deficiência ou sexualidade de uma pessoa, a UE bate-se pela igualdade de tratamento para todos.
A influência politica que a UE exerce é inegável. No que diz respeito ao comércio, a regulamentação e as normas da UE são adotados em todo o mundo.
Outros tipos de vantagens que a UE oferece aos seus cidadãos:
-pode usar telefone e serviços em linha sem custos suplementares
-os seus direitos são protegidos enquanto viaja
-pode beneficiar de formação e apoio para a sua empresa
-enquanto trabalhador, está protegido de tratamentos injustos no local de trabalho
-enquanto cidadão europeu, está protegido contra os inconvenientes da globalização
Tiago Cassiano e Jesus Silva – 11ºC
Fontes de referência:
https://eurocid.mne.gov.pt/artigos/dia-da-europa-o-que-e
https://eurocid.mne.gov.pt/portugal-na-europa/presidencia-portuguesa-2021
https://eurocid.mne.gov.pt/dia-da-europa-2021

Martim Nunes e Ana Isabel Araújo – 11ºC

Número de Visitantes

Hoje 49

Ontem 769

Esta Semana 818

Este Mês 13571

Total de Visitas 1358242

Estamos com 13 visitantes e 0 membros em linha

Contactos - APEL

Caminho dos Saltos, nº 6
       9050-219 Funchal
       Ilha da Madeira, Portugal

(+351) 291 740 470

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 mais contactos...

Mapa - Localização