User Rating: 0 / 5

A Associação de Município da Madeira (AMRAM), a Escola da APEL e a MMS-Madeira Multilingual School assinaram um protocolo com vista à realização de ações de formação para os funcionários das Câmaras Municipais da Região Autónoma da Madeira.
O projeto de formação a desenvolver no seguimento do protocolo, contempla a totalidade dos Municípios e vai ter duas fases. Uma, de diagnóstico, em que, além das chefias, vão ser ouvidos os potenciais formandos, e outra de formação propriamente dita, após uma definição das ações a desenvolver.

{gallery}noticias/2016/20161012,width=170,gap_h=33{/gallery}

Pretende-se recorrer a fundos comunitários para financiar a formação, mas como tarda em abrir as candidaturas, algumas ações formativas podem avançar a expensas próprias dos municípios.
Nesta fase, já há um trabalho de audição/levantamento das necessidades de formação a ser desenvolvido, que incide em Santana, São Vicente, Machico, Câmara de Lobos e Funchal. Mas o propósito, como referido, é fazer chegar o projeto a todas as autarquias associadas da AMRAM, que são o universo dos municípios.
O documento foi assinado ontem (11-10-2016), ao fim da manhã, na sede da AMARAM, por Dr. Paulo Cafôfo, em nome da Associação de Município da Madeira, por P. Fernando Gonçalves e Dr. José Vieira, em representação da Escola da APEL, e por Dr.ª Ana Filipa Ferreira, que representou a MMS.